Ensaio Coletivo

Margarida 381, por Bruno Miranda.

Em 2013 dezenas de famílias esfregaram pintaram esculpiram as ruínas do prédio 381 na General Couto de Magalhães (Luz). Batizaram de Ocupação Margarida Maria Alves, incorporando nas paredes os nervos (duros) da militante dos direitos à terra, assassinada em 1983. Há um ano e meio partiram ou foram partidas (no avesso particípio), entregando à prefeitura de SP um prédio esculpido brincado e batizado para ser demolido e tornado um Memorial da Democracia. O memorial “será um museu aberto a toda a população (...) e mostrará a história da luta pela democracia em nosso país”. Assim define o site.

Caroline Rodrigues

Mais sobre o fotógrafo e seu trabalho em:
http://www.agencianalata.com.br/
@brunomiranda027