Lutadores chapadeiros

Ramon e Elias - Cavalcante- Goiás

Um sonho pode ser um negócio básico de se resolver. Digamos que com um pouco de abnegação no transcorrer da vida a coisa aconteça. Claro que fazê-lo não é nada fácil, o tempo voa e leva consigo as nossas escolhas que se transformam em arrependimentos, surgem então aquelas típicas imagens do passado que poderíamos ter feito de outra maneira. Afinal nem tudo o que planejamos estava sob o nosso controle.

É muito comum também ouvir as inúmeras insatisfações que tanto buscamos justificá-las diante dessas pelejas pessoais. A trajetória de Ramon Maia e Elias Silva é literalmente uma luta desse presente que de maneira bem treinado, elimina-se o fadado passado que poderia ter sido remoldado.

Um vindo da construção civil e o outro estudante. Locais de Cavalcante, uma cidade de aproximadamente 10 mil habitantes localizada na Chapada dos Veadeiros no nordeste goiano. Por trás da natureza exuberante como cenário principal dessa história, existem percalços que somente quem vive numa cidade desse porte enfrenta.

Treinamento com o mestre Flávio Luciano na Chute Kombat

As opções são limitadas e sem oportunidade o comércio é uma das poucas alternativas para quem permanece na região, mas o êxodo ainda é o destino certeiro para a grande maioria da juventude Cavalcantense.

Outro caminho é vislumbrar e aqui surgem Ramon e Elias com os seus retratos expostos em banners e folhetos circulando pela cidade, foram os únicos lutadores locais a participar do VI Strike Combat, uma competição de Muay Thai realizada no último sábado 18 no ginásio desportivo.

Acompanhá-los pelos 12km diários de corrida numa bicicleta pela estrada principal que dá acesso a cidade, depois 1h pulando corda para que somente aí dessem início ao treinamento propriamente dito. Essa foi a toada ministrada pelo seu mestre e treinador Flávio Luciano na semana que antecedeu o evento. 

Lutaram juntos e venceram juntos.