A Luta dos Servidores no Rio de Janeiro

Centro da cidade virou palco de guerra.

Na tarde desta terça-feita manifestantes se confrontaram com a Polícia Militar no Centro do Rio de Janeiro. Os pacotes de austeridade do Governo do Estado foram a causa do quarto embate entre os servidores e a polícia nos últimos meses. Muitos foram os feridos dentre as centenas  balas de borracha e bombas contra os servidores que também revidaram. A praça transformou-se em um caótico cenário de guerra. Árvores, escadas e muros próximo a Alerj viraram barricadas para quem se protegia da violência policial, que foi respondida com pedras, morteiros e bombas de fabricação caseira. 

Os manifestantes protestaram contra os problemas no pagamento das categorias e também contra as medidas de redução propostas pelo governo na tentativa de regularizar as contas públicas. As definições e votações desenrolam-se até o próximo dia 15 e muitas águas vão rolar.