Ensaio Coletivo

Hoje o Ensaio Coletivo vem de fora. Um olhar brasileiro sobre o cotidiano de Lagos, a região metropolitana mais populosa do continente Africano.

Tomás Cajueiro conta

Cotidianos de Lagos

Lagos é o coraçãoda maior área metropolitana da África e com taxas de crescimento alucinantes hoje conta com aproximadamente 21 milhões de pessoas. A história deu a Lagos uma posição bastante peculiar no cenário geopolítico na África Ocidental: extremamente relevante no período colonial, hoje tem o maior porto e é o centro de escritórios empresas e embaixadas que trazem dinheiro e trabalho para a população. Lagos é para essa região da África o que São Paulo foi para muitas regiões do Brasil: a terra prometida, com trabalho, desenvolvimento e uma vida melhor do que do resto país. Chegando em Lagos claro que a coisa é muito diferente e a cidade acolhe seus cidades com condições precárias de infraestrutura equalidade de vida. Apagões, assim como o barulho dos geradores de energia a gasolina, fazem parte do quotidiano. O transito caótico deixa no chinelo o caos de nossas grandes metrópoles. Esgoto e água encanada são um sonho ao qual poucos tem acesso.

Mas desse emaranhado de pessoas e culturas dá origem também a uma cidade culturalmente riquíssima. Pessoas que contam uma com as outras e dão a essa enorme cidade um ar de comunidade. Quando no seu bairro parece estar vivendo em uma pequena cidade. Basta assistir alguns dos filmes da fabulosa Nollywood, terceira maior indústria mundial de cinema, para ter-se uma ideia da criatividade  e inventividade desse povo. Foi ali, no meio de tanta gente que entre vivi por 7 meses. Foi ali que tive algumas das experiências que chega aqui ao R.U.A Enfim, bem vindos a Lagos, a minha Lagos, cidade na qual a beleza e a dor caminham lado a lado.