Rabeta no Abaeté

Brasil, Belém, Outubro de 2013

Ó povo que encanta,
Que do norte, pro resto se levanta! 
Pode vir de baixo, pode ser de cima, 
Vem com a farinha e não deixa nenhuma sina.
E lá no mercado mais famoso da cidade
Ver-o-Peso é para poucos.
De manhã, chega as galinha,
De noitinha, levam todas as caquinha. 
Também tem Abaetetuba
Com rabeta no Abaeté
Passeio nas casa ribeirinha
E a luz que vem com fé. 
Povo unido, povo diferente, povo brasileiro em pé
Belém do Pará, para todos os oiá!